quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Reações Químicas

PRINCIPAIS ÁCIDOS E SUAS APLICAÇÕES


 ÁCIDO CLORÍDRICO (HCl) - É utilizado na indústria, nos laboratórios,em condições impuras é chamado ácido muriático e é usado na limpeza. Está presente no estômago. ACIDO SULFÚRICO (H2SO4) - É utilizado na industria e em laboratórios, utilizado também na fabricação de fertilizantes . ACIDO NÍTRICO (HNO3)´É utilizado principalmente pela industria na fabricação de explosivos. ÁCIDO FLUORÍDRICO (HF) É utilizado na gravação do número do chassi nos vidros dos automóveis e na obtenção de fluoretos (NaF) para previnir cáries dentárias. ÁCIDO CARBÔNICO (H2CO3) é usado como gaseificante em águas e realça o sabor dos refrigerantes .. ÁCIDO FOSFÓRICO (H3PO4) É usado na fabricação de fertilizantes e como aditivo de refrigerantes ÁCIDO ACÉTICO (CH3COOH) Esta presente no vinagre. ÁCIDO CIANÍDRICO (HCN) Age sobre as hemoglobinas do sangue além de interromper as reações químicas que produzem ATP. ÁCIDO SULFIDRICO (H2S) Venenoso,paraliza os centros da respiração, uma pequena quantidade pode ser percebida pelo sistema olfativo quando o alimento tá estragado.


ÁCIDO EXPERIMENTO

Corte aproximadamente 500 mililitros de repolho roxo em cubos de cerca de 2cm e coloque num liqüidificador ou processador. Acrescente aproximadamente 250 mililitros de água e deixe bater até que o repolho fique cortado uniformemente em pedaços minúsculos. Passe a mistura por uma peneira fina. Esse será nosso extrato de repolho roxo para explorar ácidos e bases.
Primeiro testeExamine o rótulo de uma garrafa de vinagre branco. O rótulo provavelmente dirá que "contém ácido acético". Isso indica que aquele vinagre é um ácido e tem propriedades de um ácido. Vejamos como este ácido se comporta ao receber nosso extrato de repolho roxo.
Coloque 125 mililitros de vinagre em um vidro incolor (copo transparente). Acrescente 5 mililitros (1 colher de chá) de extrato de repolho roxo; mexa bem a mistura e note sua cor.

Corte aproximadamente 500 mililitros de repolho roxo em cubos de cerca de 2cm e coloque num liqüidificador ou processador. Acrescente aproximadamente 250 mililitros de água e deixe bater até que o repolho fique cortado uniformemente em pedaços minúsculos. Passe a mistura por uma peneira fina. Esse será nosso extrato de repolho roxo para explorar ácidos e bases.
A cor do extrato de repolho com vinagre é a cor que o extrato sempre terá quando misturado com um ácido. 

Curiosidades

Os ácidos carboxílicos apresentam odor característico. Os monocarboxílicos que apresentam até 12 átomos de carbono apresentam cheiro bastante desagradável. Os indívíduos através do seu metabolismo produzem e excretam ácidos carboxílicos, que é de composição diferente para cada indivíduo; portanto, cada pessoa tem o seu cheiro característico. Por isso, o cão, que apresenta olfato bastante aguçado, reconhece as pessoas pelo cheiro. Normalmente o ácido carboxílico está associado a um fenol.

PRINCIPAIS BASES E SUAS APLICAÇÕES
Todos sabem que basem que uma base é qualquer substância que libera única eexclusivamente o ânion OH–, íons hidroxila ou oxidrila, em solução aquosa. Com esta teoria desenvolvida por Svante Arrhenius,, veja quais suas as principais bases e suas aplicações:
-Hidróxido de Sódio (NaOH): Também conhecido como soda cáustica, o Hidróxido de Sódio é a base mais importante para as indústrias e para os laboratórios, pois de longe é a mais produzida e a mais utilizada. É um sólido branco, bastante corrosivo e tóxico, sendo que forma cristais opacos e fortemente higroscópicos. As suas soluções concentradas devem ser armazenadas em frascos plásticos, pois reagem lentamente com o vidro. A NaOH é utilizado na preparação de produtosorgânicos, como sabão, seda artificial, glicerina, celofane, e outros. Além disso, na indústria petroquímica é utilizado na fabricação de papel, celulose, materiasi de limpeza doméstica, corantes e outros, assim como na fabricação de produtos desentupidores de pias e ralos. Suas classificações químicas, são: muito solúvel, monobase e forte.
-Hidróxido de Cálcio – Ca(OH)2: Também chamado de cal apagada ou cal extinta pelo fato de ser obtido pela reação do CaO, como óxido de cálcio e cal viva ou cal virgem com a água. Esta é a mesma reação que ocorre quando os pedreiros preparam a argamassa usada no assentamento de tijolos. Em temperatura ambiente é um sólido branco, e é utilizado na agricultura para diminuir a acidez dos solos e como fonte de íons cálcio para o metabolismo das plantas. Além disso, é utilizado no tratamento de água e esgotos. Quando em solução aquosa é denominado de água de cal e a sua suspensão de leite de cal, a qual é utilizada nas pinturas a cal, a famosa caiação. Suas classificações químicas, são: pouco solúvel, dibase e forte.
-Hidróxido de Magnésio – Mg(OH)2: É um sólido branco e a sua suspensão é denominada de leite de magnésia, contendo concentração de aproximadamente 70% em massa. É um líquido branco e espesso, usado como antiácido estomacal e laxante, o qual tem a capacidade de neutralizar o excesso de HCl (ácido clorídrico)do suco gástrico. É utilizado na refinação do açúcar e na fabricação de papel, e também na indústria farmacêutica. Suas classificações químicas, são: insolúvel, dibase e fraca.
-Hidróxido de Amônio – NH4OH ou NH3(aq): Esta base não existe isolada, desta forma, é encontrada somente na forma de uma solução aquosa de gás amônia(NH3), a qual é denominada de amoníaco, muito utilizada em produtos de limpeza, onde se estabelece o seguinte equilíbrio : NH3 + H2O ⇔ NH4OH . É a única base simultaneamente solúvel e fraca, e também a única volátil que apresentando odor de amônia, ou seja, gás incolor e de cheiro irritante. É utilizada na fabricação do conhecido ‘sangue do diabo’, um líquido bastante difundido em brincadeiras infantis. Já a amônia é muito usada como fertilizante agrícola. Suas classificações químicas, são: muito solúvel , monobase e fraca. 
BASES CURIOSIDADES
BASES: A definição mais utilizada para o entendimento do que são as bases, foi elaborada pelo químico Svant August Arrhenius. Segundo ele, bases ou hidróxidos são compostos que em solução aquosa, sofrem dissociação .
OXIDOS
Óxidos são substâncias que possuem oxigênio ligado a outro elemento químico, eles são compostos binários, isto é, são substâncias formadas pela combinação de dois elementos. Um desses elementos é sempre o oxigênio (O). 

Classificação dos Óxidos 
Os óxidos podem ser classificados em três diferentes grupos: ácidos, básicos ou peróxidos.
Óxidos ácidos: também chamados de anidridos, eles se formam a partir da reação com água originando ácidos. Exemplo: o ácido sulfúrico (H2SO4) se forma a partir do trióxido de enxofre (SO3) em presença de água (H2O).
Óxidos básicos: nesse caso a reação é com bases levando à formação de sal e água. Exemplo: o hidróxido de cálcio (Ca (OH)2) provém da reação do óxido de cálcio (CaO) com a água.
Peróxidos: esses óxidos possuem dois oxigênios ligados entre si. Exemplo: (O-O)2-.
Peróxidos: na indústria são usados como clarificadores (alvejantes) de tecidos, poupa de celulose, etc. Para essas utilizações sua concentração é superior a 30% de peróxido de hidrogênio. A solução aquosa com concentração de 3% de peróxido de hidrogênio, popularmente conhecida como água oxigenada, é usada como anti-séptico e algumas pessoas a utilizam para a descoloração de pêlos e cabelos.
Dióxido de silício: é o óxido mais abundante da crosta terrestre, ele é um dos componentes dos cristais, das rochas e da areia.
Óxido de Cálcio (CaO): Obtido a partir da decomposição do calcário, é usado na agricultura para diminuir a acidez do solo e também na preparação de argamassa na construção civil.
Óxido Nitroso (N2O): Conhecido como gás hilariante, esse óxido inalado em pequena quantidade provoca euforia, mas pode causar sérios problemas de saúde; é utilizado como anestésico.
Dióxido de Enxofre (SO2): É usado para a obtenção de ácido sulfúrico e no branqueamento de óleos alimentícios, entre outras aplicações. É um dos principais poluentes atmosféricos; em dias úmidos, combina-se com o vapor de água da atmosfera e origina a chamada chuva ácida.
Monóxido de Carbono (CO): Usado para obter certos produtos químicos e na metalurgia do aço. É normalmente o principal poluente da atmosfera das zonas urbanas; inalado combina com a hemoglobina das hemácias do sangue, neutralizando-as para o transporte de gás oxigênio no organismo.
EXPERIMENTOS
- Bebida gaseificada (água mineral com gás ou refrigerante)

- Tubo flexível (canudo)

- Recipiente de vidro transparente (copo)

- Água de cal (cal usada em construção civil dissolvido em água).

Procedimento 
1. Abra o frasco contendo a bebida gaseificada e introduza nele uma das extremidades do tubo flexível;
2. Coloque a água de cal no recipiente de vidro e mergulhe nele a outra extremidade do tubo;
3. Observe a mudança na coloração da solução de cal.

O processo pode ser representado pela seguinte equação:

CO2 + Ca (OH)2 → CaCO3 + H2
Através da equação podemos notar a presença do dióxido de carbono, mas como visualizar no líquido a presença desse óxido? Na verdade, o produto CaCO3 (carbonato de cálcio) é uma prova disso, ele aparece como o sal insolúvel e branco que se deposita no fundo do recipiente e é resultado da junção de óxido que se desprende do refrigerante com a água de cal.

Agora você já sabe como identificar a presença de um composto químico em uma solução, a coloração turva que a solução adquire indica que existem mesmo óxidos em bebidas gaseificadas.

A química é surpreendente! Além de complementar a deliciosa bebida ainda nos permite saber os ingredientes que a compõe através de experimentos.
SAIS
1- Cloreto de sódio   -  NaCl
É obtido pela evaporação da água do mar. É o principal componente do sal de cozinha, usado na nossa alimentação. No sal de cozinha, além do NaCl, existem outros sais, como iodetos de sódio e potássio (NaI   e   KI), cuja presença é obrigatório por lei. Sua falta pode acarretar a doença denominada bócio, vulgarmente conhecida pelo papo.
O cloreto de sódio é a principal matéria-prima utilizada na produção de soda caústica (NaOH )


 
 


2- Fluoreto de sódio – NaF

O fluoreto de sódio é um dos componentes dos cremes dentais, pois inibe a desmineralização dos dentes, tornando-os menos suscetíveis à cárie.
 


3- Nitrato de sódio ( NaNO3)
Conhecido como salitre do Chile, esse sal é um dos adubos  ( fertilizantes ) nitrogenados mais comuns.

 

4- Carbonato de sódio – Na2CO3
O carbonato de sódio é conhecido como barrilha ou soda e é comumente utilizado no tratamento de água de piscina, na fabricação de sabões, remédios, corantes, papel etc.
Sua principal aplicação, no entanto, é na fabricação de vidro comum:


5- Bicarbonato de sódio – NaHCO3
O bicarbonato de sódio é o nome comercial do carbonato ácido de sódio ou hidrogeno- carbonato de sódio. Em medicina é utilizado como antiácido estomacal.
O CO2 liberado é o principal responsável pela eructação ( "arroto" ) .

  
Nos principais antiácidos comerciais, existem compostos, como o ácido cítrico e outros, que na presença do bicarbonato de sódio produzem a efervescência.
    Outra aplicação importante do bicarbonato de sódio é como fermento de pães e bolos. O crescimento da massa deve-se à liberação de COgasoso.

 

    Esse sal é utilizado, também, na fabricação de extintores de incêndio de espuma. No extintor há NaHCO3 (sólido) e uma solução de ácido súlfurico (H2SO4), em compartilhamentos separados. Quando o extintor é acionado, o NaHCOe o H 2SO4 se misturam e reagem, produzindo a espuma com liberação de CO2. Esses extintores, contudo, não podem ser usados para apagar fogo de instalações elétricas, pois a espuma conduz corrente elétrica.
Além disso, o bicarbonato de sódio é um dos componentes dos talcos desodorantes.
 

CURIOSIDADES
* Cloreto de sódio (NaCl)
É o cristal mais abundante na natureza:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário